Mamãs e Bebés

Parto

pexels vidal balielo jr 3376788

Nascer em Portugal: acompanhamento das grávidas e humanização dos partos

Em Portugal, a mulher grávida desperta frequentemente um sentimento de carinho e afetividade em quem está ao seu redor, pelo facto de trazer dentro de si um ser que representa parte do futuro de tod@s! Mas por trás desta aparente felicidade e plenitude que deveria ser a celebração do nascimento, existem medos e preocupações.

São comuns expressões como “eu até queria ter mais filhos, mas não quero passar por isto outra vez”. Mas estas expressões, emocionalmente carregadas, contrastam com o que um parto deveria de facto ser: uma experiência única, pessoal, com maior ou menor dificuldade, mas com a certeza de respeito, dignidade e sem sofrimento desnecessário. Uma parte muito significativa das mulheres portuguesas descreve esses momentos como atrozes e, em alguns casos, autênticas torturas medievais. Em 2015, a Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto divulgou isso mesmo nos resultados do inquérito “Experiências de Parto em Portugal”. Em 2018, a OMS emitiu recomendações no sentido de estabelecer os padrões globais de cuidado para mulheres grávidas saudáveis e reduzir o número de intervenções médicas desnecessárias. Em 2018, Portugal teve uma taxa de 53% de partos instrumentalizados.

Atualmente continuamos com uma taxa muito preocupante de episiotomias de 77% (incisão efetuada na região do períneo), enquanto países como a Dinamarca apresentam taxas de 4%, em linha com a recomendação da OMS, que desaconselha esta prática por rotina.

 

Veja o artigo completo aqui.

Fonte: Público

 

Registe-se
Gratuitamente

para visualizar todo
o conteúdo!

Registe-se já

Calculadora da ovulação

A sua Gravidez Passo a Passo.
dias
Gerar

Significado e Nomes

Encontre o significado e origem do nome do seu filho(a)

Subscrição Newsletter

Introduza o seu-email Formato inválido! Introduza a palavra-passe A tentar validar dados de acesso... Validação concluída! Aguarde... A carregar...