Mamãs e Bebés

Perguntas

cegonha

O que fazer quando o método contraceptivo falha?

 

Quando o contraceptivo falha

Quando a gravidez ocorre mesmo quando se está a tomar contraceptivos hormonais (como a pílula ou minipílula), contraceptivos de barreira (como os espermicidas) ou mesmo pós-coito (como a pílula do dia seguinte), em princípio não haverá motivos de preocupação e o bebé não estará sujeito a problemas. No caso do contraceptivo oral, será apenas necessária a suspensão imediata da toma.

Quando a gravidez acontece com um dispositivo intra-uterino, a situação exige outro tipo de preocupações. Existem duas situações: se os fios estão visíveis à saída do colo do útero, o risco de infecção e aborto espontâneo é maior e a melhor solução é retirá-lo; se nem os fios nem o dispositivo são visíveis, é melhor deixá-lo onde está. Neste caso, vigia-se com mais cuidado a gravidez, mas em princípio não haverá problemas, pois o DIU fica fora do saco amniótico e geralmente é expelido com a placenta.

Se a gravidez ocorrer mesmo depois de a mulher ter sido esterilizada (laqueação das trompas), esta terá de consultar imediatamente o médico, pois existe o elevado risco de uma gravidez ectópica.

 

A sua Gravidez Passo a Passo.
dias
Gerar

Significado e Nomes

Encontre o significado e origem do nome do seu filho(a)

Calculadora da ovulação

Introduza o seu-email Formato inválido! Introduza a palavra-passe A tentar validar dados de acesso... Validação concluída! Aguarde... A carregar...