Mamãs e Bebés

Gravidez

bebeskpsf

Medo da morte súbita alimenta indústria de sensores para bebés


O lançamento mais recente vem dos EUA: a pulseira para o tornozelo Sproutling Babt (299 dólares) dá a frequência cardíaca, mede a temperatura, diz se a criança está a dormir ou a fazer barulho. O estado do bebé é exibido 24 horas por dia no telemóvel dos pais, através de uma aplicação.


Uma semana após o lançamento, no mês passado, não é nenhum mistério: vendem a sensação de segurança para os pais que têm receio da síndrome da morte súbita.
A síndrome é mais comum entre bebés de até seis meses, mas há risco até a criança completar um ano.

Em países desenvolvidos, essa é a principal causa de morte no primeiro ano de vida.
O que torna a síndrome mais assustadora é a sua imprevisibilidade. Um bebé saudável morre de repente, sem causa determinada.

Porém, estudos científicos mostram que os aparelhos em casa não diminuem o risco de morte súbita. Às vezes a síndrome leva à queda de oxigénio e, quando o monitor apita, as hipóteses de recuperação já são pequenas.

Fonte: Diário Digital

Registe-se
Gratuitamente

para visualizar todo
o conteúdo!

Registe-se já

Subscrição Newsletter

A sua Gravidez Passo a Passo.
dias
Gerar

Significado e Nomes

Encontre o significado e origem do nome do seu filho(a)

Calculadora da ovulação

Introduza o seu-email Formato inválido! Introduza a palavra-passe A tentar validar dados de acesso... Validação concluída! Aguarde... A carregar...